Skip to main content

Vidro float: O que as empresas de esquadrias precisam saber?

| web |

Vidro float: O que as empresas de esquadrias precisam saber?

Vidro Float - Esquadrias - Vidraçaria - empresas de esquadrias

O vidro float, também conhecido como plano ou monolítico, é a base para todos os vidros da construção civil, já que é composto por uma única lâmina, que ainda não passou por nenhum processo de beneficiamento, pintura ou espelhamento.

As empresas de esquadrias, por trabalharem com o vidro, devem conhecer todas as características deste produto, bem como sua aplicação. Saiba mais no artigo abaixo. Boa leitura.

O que é vidro float?

O vidro float foi uma criação inovadora de Alastair Pilkington, por volta dos anos 1950, e o processo se tornou um padrão mundial para a criação de vidros planos de alta qualidade, segurança e desempenho.

Sua resistência em estado original pode atingir até 400kgf/cm² e tal índice pode aumentar de acordo com o tipo de beneficiamento a qual for submetido, como quando passa de vidro plano para temperado, por exemplo, cuja resistência é em torno de 1400 kgf/cm².

Vidro Plano

Como ele é produzido?

O vidro float tem em sua composição a sílica, alumina, magnésio, potássio, sódio e cálcio, que são fundidas a aproximadamente 1000ºC no forno industrial. A massa viscosa obtida é despejada em um tanque de estanho liquefeito controlado quimicamente.

Por possuírem densidades distintas, esses materiais não se misturam e a junção entre a sílica e os metais flutuam (float, em inglês) sobre a base de estanho de maneira uniforme, transformando-se em uma chapa completamente lisa.

Em seguida, a massa já em forma de vidro é resfriada de forma controlada, processo chamado de recozimento, percebendo-se a mudança na aparência que, de opaca, passa a se tornar translúcida. Por fim, o produto deve ficar com as superfícies polidas.

Espessuras e tipos de acabamento do vidro float

O vidro float, no início de sua produção, não tinha a espessura ajustável, mas atualmente é possível produzir. Essa espessura do vidro é controlada com cilindros durante o resfriamento e quanto maior a velocidade aplicada, mais fino o produto fica.

Depois de completamente fria, a chapa é cortada e lapidada, de modo filetado ou bisotê. Além das características de acabamento de borda, o vidro plano pode ser concebido em espessuras variadas, a depender do fabricante. 

Ao término da produção inicial, o vidro float é transparente, mas é possível aplicar cores nele. Isso é feito inserindo corantes no processo de fabricação, como o selênio, óxido de ferro ou cobalto, por exemplo.

Aplicação do vidro float

Para cada espessura e acabamento há um tipo de aplicação do vidro float que geralmente é utilizado na construção civil, indústria de móveis, decoração e até automobilismo, justamente por ser a matéria-prima dos demais vidros planos, como laminados, temperados, insulados, entre outros.

Sua principal função é proteger as edificações da chuva e do vento, tornando um substituto eficiente para paredes de alvenaria. Ele também pode ser utilizado para integrar projetos paisagísticos à ambientes internos, onde, ainda, pode assumir a função de dividir ambientes de forma acolhedora e com melhor aproveitamento da luz natural.

O vidro float também é um material bastante aplicado em janelas com esquadrias de alumínio, PVC, madeira e ferro. Lembre-se que o material precisa estar em conformidade com a NBR 7199, que rege as normas para a aplicação do material na construção civil

Benefícios desse tipo de vidro

O vidro float é bastante requisitado no mercado, justamente por sua alta qualidade. A durabilidade, resistência, transparência e baixa condutividade térmica, além claro, do baixo custo, são fatores que chamam a atenção do consumidor.

Como você pode ver durante o artigo, o vidro float é versátil e, além das diversas aplicações, também pode ser muito útil para as empresas de esquadrias, pois oferece a base para o desenvolvimento de espelhos, vidros de controle solar e diversos outros.

Utilizar um produto adequado para o projeto é essencial para garantir a qualidade e segurança da entrega. Clique aqui para conferir quais problemas você pode ter se o cálculo de espessura do vidro estiver incorreto.

Infográfico

Diferentes Tipos de Esquadrias

Conheça os principais tipos de esquadrias existentes no mercado.
[js-disqus]

Conteúdos Exclusivos

Preencha para receber conteúdos exclusivos da PKO do Brasil

  • Ao se cadastrar, você concorda com os Termos de Uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
eBook

Normas de Vidro: 4 tipos que você deve conhecer

Saber quais são as normas que regulam o uso e aplicação do vidro é fundamental para quem projeta, especifica e instala este material.
eBook

Vidro Plumbífero

Tudo sobre o vidro plumbífero. Saiba como é feito, características e especificações, instalação e limpeza.

WhatsApp