Aproveitamento do vidro para o menor preço

| PKO do Brasil | ,

Aproveitamento do vidro para o menor preço

Aproveitamento do vidro para o menor preço

Assista o os 5 passos para conseguir a melhor modulação garantindo o menor custo referente ao aproveitamento do vidro

Durante o processo de corte do vidro, os retalhos ou sobras não são reaproveitáveis no beneficiamento. O resultado é a sobra de vidros coloridos, laminados, refletivos e de espessuras especiais. Esse desperdício, eleva os custos, pois o aproveitamento do vidro é fundamental para a composição do preço final.

Qual o segredo para o melhor aproveitamento do vidro?

Depoimento: Alexandre Toledo – Gerente Comercial

“O segredo para obtenção de uma vantagem competitiva está totalmente ligado à uma boa modulação. Esta modulação precisa estar alinhada com a disponibilidade de chapas no mercado, e também a capacidade produtiva da empresa em questão.”

E se a modulação já estiver ruim?

“Se a modulação estiver ruim, nós temos duas alternativas. A primeira é sugerir ao cliente que algumas peças possam ser alteradas para se enquadrar dentro das chapas que nós temos disponíveis, e assim conseguirmos um bom aproveitamento do vidro.

A outra alternativa seria buscar, junto ao nosso fornecedor, chapas com dimensões especiais, para que elas possam também se enquadrar dentro daquilo que foi estipulado. A variável é que eu tenho que coordenar com meu fornecedor a disponibilidade e o prazo de atendimento.”

 Acompanhe agora os 5 passos para que seu projeto tenha a melhor modulação!

Passo 1: Especificação

Defina o tipo de vidro que você irá utilizar de acordo com a aplicação e conforme normas. Para isto você pode usar o simulador de vidros da PKO.

Se houver algum desempenho especial como cor, controle solar, conforto acústico ou antivandalismo, por exemplo, os retalhos não serão aproveitados. Por isso é ideal ter uma melhor otimização de corte da chapa.

Leia também:  Aumente a sua rentabilidade com o vidro polarizado

Passo 2: Proposta de modulação

Agora verifique com seu fornecedor as chapas disponíveis no mercado, que normalmente medem 2,20 ou 2,40 metros por 3,21 metros.

Verifique no projeto o vão que o vidro será instalado e escolha um lado para começar.

Se na vertical, por exemplo, o vão for de 3 metros, considere a chapa “em pé”, podendo utilizar módulos de 3000, 1500, 1000 ou 750 mm de altura, conforme desejar. Vidros maiores pedem espessuras maiores, porém economizam em perfis e ferragens de fixação. Depois, na horizontal, procure seguir módulos múltiplos de 1000, 1100 ou 1200 mm.

Passo 3: Verificação da espessura

Após definida a modulação das peças, é preciso verificar a espessura mínima de acordo com as fórmulas da norma NBR 7199.

Para facilitar, utilize a calculadora de espessura do simulador de vidros da pko.

Passo 4: Plano de otimização

Defina as folgas conforme a instalação e defina a dimensão aproximada das peças de vidro.

Com a lista em mãos, peça que seu fornecedor verifique se o aproveitamento está bom. Para isso ele usa programas específicos de otimização. Você poderá saber o percentual exato de perda no corte, e verificar se o aproveitamento do vidro está bom.

Passo 5: Checagem final

Caso as perdas ultrapassem 10 ou 15%, que é o ideal, verifique a possibilidade de compra de chapas especiais para o seu projeto.

Chapas de 2,54 x 3,21 metros são mais fáceis de serem encontradas. Dependendo da quantidade é possível produzir ainda chapas de até 3,60 metros.

Em casos especiais para maiores quantidades, considere a utilização de chapas jumbo.

“Com o mercado cada vez mais acirrado, é fundamental ofertar aos clientes vantagens competitivas, que vão desde a leitura do projeto, até um bom plano de corte.”

Para o seu próximo projeto, conte com o suporte de um fornecedor qualificado!

Leia também:  Ferramentas e instrumentos necessários para medição correta de projetos com vidro
Calculadora de Espessura de VidrosCalculadora de Espessura de Vidros
Calculadora

Calculadora de Espessura de Vidros

Você pode calcular a espessura de todos os vidros de acordo com a região da obra, tipo de topografia, obstáculos da área, andar da aplicação ou pressão do vento.

Conteúdos Exclusivos

Preencha para receber conteúdos exclusivos da PKO do Brasil
PKO do Brasil
PKO do Brasil
🍷 Manual do Vidro para Adegas: Conheça o tipo de vidro que deve ser utilizado, instalação, normas técnicas, climatização, iluminação e modelos de adegas. Download grátis❗️ ➡️ https://bit.ly/2UCNXza
PKO do Brasil
PKO do Brasil
Tudo o que você precisa saber para vender vidros com excelência ⤵️

1️⃣ Mercado e Concorrência
2️⃣ Fornecedores
3️⃣ Cliente e o Funil de Vendas
4️⃣ Orçamento e Visita Técnica
5️⃣ Realização dos Serviços e como Agregar Valor
6️⃣ Marketing Digital

➡️ Download grátis: https://bit.ly/vender-vidros
Modulação de Vidros
eBook

3 Passos para Melhorar a Modulação

3 dicas para conseguir aperfeiçoar e modular as peças do seu projeto, visando menor desperdício.
Instalação de Esquadria
Infográfico

Manutenção de Esquadrias

A manutenção das esquadrias é fator fundamental para que elas permaneçam conservadas.