Pedra industrializada traz beleza, resistência e sustentabilidade

| PKO do Brasil |

Pedra industrializada traz beleza, resistência e sustentabilidade

Pedra industrializada

Conhecida como pedra industrializada, a superfície é fabricada com partículas de rochas naturais e misturadas a resina de poliéster

As pedras sempre fizeram sucesso em projetos arquitetônicos. Agora, é possível aliar a beleza e a praticidade desse material com a preservação do meio ambiente. Para isso, é indicado utilizar as pedras industrializadas no projeto arquitetônico garantindo assim a beleza, resistência e a sustentabilidade.

Fabricadas com partículas de rochas naturais misturadas a resina de poliéster e outros materiais, as superfícies da pedra industrializada têm qualidade e resistência superior às naturais, cores variadas e ainda não prejudicam o meio ambiente, uma vez que são fabricadas com Quartzo (segundo mineral mais abundante na natureza) e partículas de mármores que não foram utilizados

“As superfícies da pedra industrializada são os materiais mais modernos ofertados no mercado atualmente, uma vez que pode ser aplicada em vários locais, como cozinha, banheiro, escada. Combina com diversos estilos de arquitetura, tem uniformidade de cor, são resistentes e sustentáveis”, detalha o vendedor da PKO do Brasil, Sergio Campos. “Estima-se hoje que as pedras industrializadas já atingem cerca de 15% do mercado nacional de superfícies”, completa.

Tipos de pedra industrializada

A PKO do Brasil comercializa dois tipos de pedras industrializadas: o Quartzo Stone e o Mármore Stone. Todas elas são consideradas mais duráveis que as pedras naturais, além de estarem disponíveis em diversas cores e texturas.

O Quartzo Stone é composto de pelo menos 94% de matérias orgânicas, principalmente o quartzo e a sílica. Possui aparência sofisticada, resistência ao calor, riscos e impactos, ampla cartela de cores e ainda mantém a textura e o peso das pedras naturais. Pode ser aplicada em bancadas de cozinha e banheiro, escadas, banheiras, pisos e paredes e tampos de mesa.

Leia também:  Vidro para sala acústica, qual usar?

Já o Mármore Stone é produzido a partir da junção de partículas de mármore, que podem ser sobras de cortes, com a resina de poliéster. Esse material é considerado mais homogêneo que o mármore natural, aceita o repolimento e tem manutenção simples (que deve ser feita com produtos com PH neutro). É indicado para os lavatórios, revestimentos de parede e escadas de baixo trafego.

As pedras industrializadas não são indicadas para ambientes externos, devido a reação da resina quando exposta aos raios UVs.

Conheça a Pedras Veneza, marmoraria especializada na instalação deste tipo de material !

Estrutura de telhado com vidroEstrutura de telhado com vidro
eBook

Glossário da Arquitetura

Entenda os termos de arquitetura para facilitar sua compreensão dos projetos com vidro.

Conteúdos Exclusivos

Preencha para receber conteúdos exclusivos da PKO do Brasil

  • Ao se cadastrar, você concorda com os Termos de Uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
PKO do Brasil
PKO do Brasil está em PKO do Brasil.
PKO do Brasil
🚿 Saiba como rentabilizar sua vidraçaria com o Box de Vidro❗️ Veja modelos, tipos de materiais, normas e como oferecer manutenção a longo prazo ➡️ https://bit.ly/3cqsGzf
PKO do Brasil
PKO do Brasil está em PKO do Brasil.
PKO do Brasil
Vidro para Sauna❗️ Veja o manual completo com o tipo de vidro ideal para as saunas secas e úmidas (à vapor), especificação, instalação, manutenção e ideias de projetos ➡️ Download grátis: https://bit.ly/3gPClkq
Estoque de vidros
eBook

Glossário do Vidro

O melhor guia de termos do vidro para a construção civil.
Vidro eletrônico
eBook

Manual do Privacy Glass

Saiba tudo sobre o vidro inteligente.