Estudo de caso: vidro como estrutura de ligação entre estação da Luz e Sala São Paulo

Estudo de caso: vidro como estrutura de ligação entre estação da Luz e Sala São Paulo

Vidro como estrutura de ligação entre estação da Luz e Sala São Paulo

O cenário ideal de um empreendedor é conseguir conciliar o seu negócio com as necessidades da cidade e de seus habitantes. O setor vidreiro está em constante transformação – e manter atenção a essas necessidades é uma ótima forma de inserir sua empresa de vidros ou esquadrias em parcerias de destaque. De olho nesse panorama, a PKO entrou em um projeto em março deste ano que liga a estação da Luz do metrô à Sala São Paulo, no centro da capital, a partir de uma estrutura de vidro. 

Uma passarela que sempre esteve ali, agora ganhou teto de vidro, iluminação de led e projeto paisagístico, em um novo caminho chamado de boulevard com o nome do maestro João Carlos Martins, importante figura para a Sala São Paulo. O novo boulevard facilita o cotidiano de quem deseja se deslocar até a sala São Paulo ou para outros espaços, como Pinacoteca e Museu da Língua Portuguesa. Além de ser possível fazer baldeação, uma vez que tem acesso à CPTM e às linhas 1 e 4 do metrô. 

Para explicar um pouco mais sobre esse projeto e todos os detalhes, conversamos com Clebson Calado, comercial da PKO, e também com a CPTM, sobre o importante projeto citado. O espaço onde foi construído é de extrema importância, pois, além de sua proeminente arquitetura, a Estação da Luz tem relevada importância para o sistema de transporte sobre trilhos: “A estação interliga as linhas Azul e Amarela do Metrô e as linhas Rubi, Coral e Jade – da CPTM, com fluxo crescente de passageiros, recebendo diariamente cerca de 150 mil passageiros” disse Ivan Finimundi, assessor executivo da CPTM, acrescentando que o grande fluxo de pessoas a torna a terceira estação mais movimentada da rede de transporte metropolitano.

Sobre a obra

A obra é chamada de Boulevard João Carlos Martins e é, em sua essência, uma ligação entre a estação da Luz e a Sala São Paulo. Com uma longa extensão, a passagem coberta por vidros possui como objetivo facilitar o acesso ao famoso equipamento de cultura.

Leia também:  Vidro estrutural: Saiba mais sobre suas aplicações!

Para explicar um pouco mais sobre a obra e seus detalhes a CPTM explicou algumas informações específicas: “O trecho de ligação tem uma extensão aproximada de 225 metros, passando sob o viaduto em estrutura metálica, General Couto de Magalhães (que dá acesso à Praça da Luz), e o viaduto em estrutura de concreto, de mesmo nome (que dá acesso à Rua José Paulino, bairro do Bom Retiro)”.

A passarela inaugurada no centro, agora batizada de boulevard, garante mais segurança ao trajeto, que antes era marcado por insegurança para os pedestres que passavam por ruas e regiões perigosas do centro, como a chamada “Cracolândia”. “O projeto teve um investimento de R$ 11,2 milhões que incluiu escada e elevador, além de uma passarela provisória de acesso à Rua José Paulino”, informou a CPTM em comunicado em seu site. 

Para realizar esse projeto e colaborar com o governo, a PKO forneceu os vidros da cobertura da passarela e elevador, e um torreão na passagem das catracas. 

Necessidades do cliente 

Para a população e para a CPTM a obra se faz necessária pelo motivo já citado: oferecer segurança para aqueles que pretendem se deslocar da estação da Luz até a sala São Paulo. Mas, além disso, representa um comprometimento em inovar e buscar soluções para problemas latentes que impactam trabalhadores, estudantes e pedestres todos os dias. 

Enquanto para a PKO, a função de ajudar a sociedade é realizada toda através de seus produtos: vidros. “Para nós, chegou a necessidade de fornecimento dos vidros. Fomos indicados por algumas empresas do mercado como sendo uma das melhores para atender a necessidade da obra, que por sinal inicialmente foi atendida por outra empresa, e a construtora Construmax recorreu ao nosso suporte”, explicou Clebson.

Leia também:  Fachada inteiramente de vidro é tema em maior evento do setor - FESQUA Virtual 2021
Vidro como estrutura de ligação entre estação da Luz e Sala São Paulo

Inovações e diferenciais

A CPTM também explicou um pouco mais sobre os diferenciais que tornaram esse Boulevard uma criação mais que necessária para a região. “Foi desenvolvida uma nova concepção de trajeto, através da implantação de uma cobertura de vidro, em estrutura metálica, vazada e sem vedação vertical, ao longo do trecho que interliga patrimônios históricos, objetivando criar um caminho aberto e visualmente agradável aos usuários que desejarem acessar os dois edifícios”. 

Além disso, o material utilizado também foi escolhido especialmente para o projeto, o vidro laminado e o vidro temperado, devido a questões atreladas à estética e proteção solar que ambos os materiais oferecem. “Principalmente o vidro temperado, sendo ele de controle solar o qual bloqueia tanto o calor como os raios UVs”, concluiu Clebson, da PKO. O que é ideal para uma passagem que irá experienciar as diferentes mudanças de tempo do ambiente exterior.

Soluções para o projeto

Diante da necessidade, mas também da complexidade do projeto, foi necessário comprometimento e entregas garantidas para que a obra acontecesse. A PKO informou que o fornecimento dos vidros iniciou em fevereiro deste ano e foi concluído no final do mês seguinte, no dia 22 de março de 2022. No total, foram cerca de 45 dias de fornecimento de vidros para o governo.

PKO no SPTV
https://globoplay.globo.com/v/10434724/

Curiosidades sobre o vidro 

O vidro utilizado foi o temperado laminado de controle solar Habitat Neutro Incolor 16mm, em um total de 180m² de extensão. “O sistema de fixação para esse modelo foi o Spider. Além disso, um total de 590m² de vidro Laminado de Controle Solar Habitat Neutro Incolor foi utilizado também no projeto”, acrescentou Clebson. Além disso, o projeto também contém a parte do Torreão, em que o modelo escolhido foi o Temperado Incolor 16mm 8+8 com tamanho especial (considerado jumbo).

Leia também:  Como identificar o vidro temperado, normas e riscos jurídicos

Em projetos como esse, é de extrema importância ter produtos de qualidade para garantir a segurança do que se está criando.

Instalação de EsquadriaInstalação de Esquadria
Infográfico

Manutenção de Esquadrias

A manutenção das esquadrias é fator fundamental para que elas permaneçam conservadas.

Conteúdos Exclusivos

Preencha para receber conteúdos exclusivos da PKO do Brasil

  • Ao se cadastrar, você concorda com os Termos de Uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Como limpar vidros
Infográfico

Manutenção de Vidros

Tenha acesso ao infográfico com dicas de Manutenção de Vidros
Piso de vidro
eBook

Vidro Estrutural

Saiba como utilizar o vidro como estrutura nos projetos!